Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto

Mensagem do secretário-geral da ONU para 2016

Durante a Segunda Guerra Mundial, seis milhões de judeus foram sistematicamente cercados e exterminados. Os nazistas também assassinaram pessoas Sinti e Roma, prisioneiros políticos, homossexuais, pessoas com deficiência, Testemunhas de Jeová e prisioneiros de guerra soviéticos.

O Holocausto foi um crime colossal. Ninguém pode negar a evidência de que isso aconteceu. Ao lembrar as vítimas e honrar a coragem dos sobreviventes e daqueles que os ajudaram e os libertaram, renovamos anualmente nossa determinação em prevenir tais atrocidades e rejeitar a mentalidade de ódio que as permite.

Da sombra do Holocausto e das crueldades da Segunda Guerra Mundial, as Nações Unidas foram criadas para reafirmar a fé na dignidade e no valor de cada pessoa e para defender os direitos de todos a viver em igualdade e sem discriminação.

Estes princípios continuam a ser essenciais hoje. Pessoas em todo o mundo – incluindo milhões que fogem de guerras, perseguições e privações – continuam a sofrer discriminação e ataques. Temos o dever de lembrar o passado – e ajudar aqueles que precisam de nós agora.

Por mais de uma década, o Programa de Divulgação das Nações Unidas sobre o Holocausto tem trabalhado para educar os jovens sobre o tema. Muitos parceiros – incluindo sobreviventes do Holocausto – continuam a contribuir para este trabalho essencial.

A memória do Holocausto é um poderoso lembrete do que pode acontecer quando deixamos de enxergar a nossa humanidade comum. Neste dia de memória do Holocausto, exorto todos e todas a denunciar as ideologias políticas e religiosas que colocam pessoas contra pessoas. Vamos todos levantar nossas vozes contra o antissemitismo e contra ataques dirigidos a grupos religiosos, étnicos ou outros. Vamos criar um mundo onde a dignidade é respeitada, a diversidade é celebrada e a paz é permanente.

* * *
Mais sobre a data:
http://www.un.org/en/holocaustremembrance
https://nacoesunidas.org/?post_type=post&s=holocausto

Comentários

Deixe seu comentário