Dia Mundial da Síndrome de Down – 21 de março de 2012

21/03/2012 · Artigos e Mensagens 

Mensagem do Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon.

Hoje é por primeira vez comemorado o Dia Mundial da Síndrome de Down. Felicito os Governos, os ativistas, as famílias, os profissionais e todos aqueles que trabalharam e colaboraram de forma intensa e apaixonada para fazer desde Dia uma realidade.

As pessoas com Síndrome de Down, incluindo as crianças, estiveram na margem da sociedade durante tempo demais. Em muitos países, continuam enfrentando o estigma e a discriminação, bem como obstáculos jurídicos que as impedem de participar de suas comunidades.

A discriminação pode manifestar-se em medidas exacerbadas como esterilização forçada ou, de maneira mais sutil, segregação e isolamento através de barreiras físicas e sociais. Frequentemente é negado, às pessoas com Síndrome de Down, o direito ao reconhecimento legal perante a lei, bem como o direito de votar ou de ser eleito. Também se consideram as deficiências intelectuais como sendo uma razão legítima para privar da liberdade das pessoas com Síndrome de Down e mantê-las em instituições especializadas, muitas vezes durante toda a sua vida.

Em muitos países, as crianças com deficiência intelectual não têm acesso suficiente ao ensino tradicional. O preconceito de que as crianças com Síndrome de Down colocam obstáculos à aprendizagem de outras crianças, tem forçado os pais de crianças com deficiência intelectual a colocar seus filhos em escolas especiais ou a mantê-las em casa. Pesquisas recentes têm demonstrado – e cada vez mais pessoas começam a perceber – que a diversidade nas salas de aula ajuda ao aprendizado e a compreensão beneficiam a todas as crianças.

Durante várias décadas as Nações Unidas têm trabalhado para garantir os direitos e o bem-estar de todas as pessoas. Estes esforços foram reforçados em 2006 com a adoção da Convenção sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência. A Convenção incorpora uma mudança no paradigma em que as pessoas com deficiência deixam de ser consideradas como objetos de caridade e de assistência social, e passam a ser tratadas como pessoas com os mesmos direitos e dignidade e que podem dar a sua forte contribuição para a sociedade por direito próprio.

Neste Dia, vamos reafirmar o direito que a pessoas com Síndrome de Down têm de desfrutar plena e efetivamente de todos os direitos humanos e das liberdades fundamentais. Cada um deverá fazer a sua parte para permitir que as pessoas e crianças com Síndrome de Down possam participar plenamente no desenvolvimento e na vida da sociedade de que fazem parte e nas mesmas condições que os outros. Vamos construir uma sociedade inclusiva para todos.

Comentários

Deixe seu comentário